28 de mai de 2015

viagem disney e universal ll

das coisas que funcionam muito bem lá, a que mais me impressionou foram os personagens. todos eles entram perfeitamente nas histórias. cinderella falando dos amigos ratos dela, rapunzel comentando da frigideira, pateta sendo pateta, grinch sendo mal humorado, minions agindo como minions…. muito bem feito. os homens, no caso christoff e eugene (frozen e tangled, respectivamente), eram MUITO parecidos com os desenhos e até o jeito de andar e falar era igual. incrível.

na disney, os magic bands. gente, aquilo era incrível. ok, a falha dele é que não tem um relógio acoplado. umas 40 vezes por dia eu olhava pra ver que horas eram, pra descobrir que era um magic band, não um relógio. muito chato. marido até inventou "mickey time" de tanto que todo mundo fazia isso. mas a gente passava o magic band em tudo, pra tudo, e tudo funcionava. muito legal. na universal, são cartões. tem o cartão do hotel, cartão do photo connect, cartão da entrada do parque…. e pra quem carrega 6, fica meio irritante. o magic band, cada um tinha o seu, ficava no pulso e servia pra tudo, tudo. era chave do hotel, memory maker (o negócio de fotos da disney), cartão de crédito, fast pass, etc etc. era muito útil. só não era relógio.

as estimativas das filas. na disney, elas eram muito certas! se falava 15 minutos, eram 15 minutos. se falava 70 minutos, eram 70 minutos. e ponto. na universal era quase sempre menos do que falava. na verdade, se falava 20 minutos, acho que eram 20 minutos andando do começo da fila até o brinquedo, porque dava muita volta. muita volta. mas de espera, mesmo, era quase sempre muito menos.

os ônibus. ok, tirando o frio e um incidente uma vez, na universal, em que um carinha estava subindo no ônibus e a porta fechou nele, os ônibus sempre vinham na hora certa, demoravam o tempo certo no trajeto, os motoristas eram educados, bem humorados e pacientes.

os apps da disney e da universal. o mais legal do da disney é que deixa a gente trocar os fastpasses por ele, reservar restaurantes e etc. o da universal é legal porque ele dava o trajeto de onde você estava até o lugar que você queria ir. os dois dão o tempo de fila e sempre são bem certos.

na disney, os fastpasses. eles mereceriam um post só pra eles, haha. resumindo, a gente pode escolher 3 até 60 dias antes da viagem. pode ficar mudando eternamente, até a hora marcada do brinquedo. eles te dão um passe fura fila, que é muito útil. claro, de manhã cedo, nenhuma fila era grande e não valia a pena usar o fastpass, mas umas 10 da manhã, a maioria das filas estava bem grandinha e, mesmo assim, a gente não pegou nenhuma fila com mais de 20 minutos. depois que a gente usou os 3 pré-marcados, a gente podia pegar mais um. depois que usava, pegava mais um. e assim por diante. acho que a gente pegava uns 10 fastpasses por dia, além dos 3. claro que não valia a pena pra alguns brinquedos, mas a gente pegava mesmo assim e depois ficava tentando trocar por algum mais concorrido.

outra coisa incrível era a falta de pernilongo. a-m-e-i. eu sou a rainha dos pernilongos. todos eles me encontram. e eu só tomei uma picada em toda a viagem. foi o máximo.

Nenhum comentário: