26 de ago de 2006

Amizade

Hoje, duas das minhas melhores amigas brigaram entre si.
Eu não entendi o motivo. E acredito que não caiba a mim entender.
Só fiquei de coração partido.

São duas pessoas extremamente importantes pra mim. Recentes, mas importantes.

Conversei um pouco com as duas partes e fiquei pensando nisso por um tempo. Nada de motivos, de "ela falou isso". Nada disso. Ambas são mulheres o bastante pra saber que ficar fazendo intriga não é legal. E não ouvi nada disso.

Só que fiquei com medo. Medo.
Porque as duas (e mais uma) falaram que não tem mais conversa, não adianta tentar, que a paciência foi pro saco, que da parte delas, não tem mais acordo.
Isso me deixou com medo. Por que não se pode conversar? Por que não se pode TENTAR conversar? São adultas, resolvidas, inteligentes. E orgulhosas e teimosas. Ave, e como!

Só vou deixar um apelo, agora:
Quando eu fizer alguma coisa, por favor, me digam. Briguem comigo. Não deixem pra lá. Porque, se for deixando, deixando, deixando, uma hora a gente explode. E a coisa fica feia. E eu não quero isso. Não. E eu não deixo quieto. Falo, sem medir palavras. Mas vocês sabem que eu vou ficar atrás. Até eu me dar por vencida, não desisto.
Então faaaaaaaalem...

Nenhum comentário: