24 de dez de 2012

sozinha, de novo. e ter um monte de filhos, de novo.

não sozinha, sozinha. só com a coral e a lemon.
mel, joão e zé foram trabalhar com o bhuda. não sei se isso é bom ou ruim.

ontem, estava feliz achando que ia ser maravilhoso.
hoje já estou com saudades. e faz meia hora que eles sairam.

enfim, né. cada louco com suas manias.

--------------------------

ontem, recebi uma notificação de comentários sobre ter 3 filhos, da Paola.
como não tenho seu email, Paola, vou responder aqui.

espero que você chegue a ler.

ter 3 filhos pequenos, como você vai ter, já digo, não é fácil.
eu tinha empregada, que mandei embora porque dava mais dor de cabeça do que ajudava, logo que o terceiro nasceu. minha mãe veio ajudar por um mês.

eu ficava louca, sim. eu tinha 3 pequenos, minha mais velha tinha menos de 4 anos quando o terceiro nasceu. ela não entendia, o segundo não entendia e o bebê, então.....

o que eu fiz que me ajudou:
- fazer comida de final de semana e congelar em porções. eu sempre tinha comida pra semana. pelo menos, pras crianças. pode não ser a melhor coisa do mundo, mas me ajudou a não ficar completamente maluca.
- também ajudou muito que eu nunca fui maluca por limpeza. eu limpava chão e louça. e lavava fraldas. o resto ficava até quando desse.
- as crianças viam muita tv.
- parquinho. levava os mais velhos no parquinho. o bebê dormia no carrinho ou no bebê conforto e os maiores brincavam e gastavam as energias.
- eu tinha uma moça que entregava legumes, verduras e frutas em casa. tudo orgânico e lindo. ela entregava, o marido lavava tudo e guardava quando chegava em casa. e eu tinha fruta pra semana.
- sling. eu vivi com o bebê no sling. dói, quando eles crescem, mas é muito menos dolorido do que os braços ficariam.
- nunca mais passar roupa. não passo. nem roupa social. minha vida mudou depois disso. não precisa, de verdade. não vi diferença nenhuma.

o que não ajudou:
- palpiteiros de plantão. gastavam minha energia de 2 dias em meia hora. cruz credo. livre-se deles, se puder.
- orgulho. eu não conseguia pedir ajuda. se eu fosse mais simples, teria sido mais fácil. eu tenho vários amigos que não se importariam de cuidar dos meus 3 pequenos enquanto eu ia dar uma volta, mas nao pedi e eles não sabiam o quanto eu estava precisada de um tempo só.
- cansaço. quando puder, descanse. nem que seja deitar no sofá e ver tv com os maiores. não aproveite o tempo em que o bebê dorme pra fazer as coisas. aproveite pra descansar. eu fiz isso com a quarta e você não tem ideia do quanto foi bom.
- aprenda a deixar pra lá. não deu pra lavar roupa? ninguém vai morrer se usar a mesma roupa de novo. não deu pra fazer comida? pede pizza, comida chinesa, qualquer coisa. não deu pra limpar a casa? outro dia vai dar. ou pega uma faxineira.

e, enfim, eles crescem.... todos.
hoje, minha mais velha tem 9 anos. meu segundo tem 7, meu ex-bebê tem 5 anos e eu tenho uma bebezinha de 8 meses.
essa fase maluca passa rápido.... parece que a gente vai se jogar pela janela, mas se a gente aguenta, depois vem a calmaria....
meus 3 maiores brincam juntos, vivem juntos. são inseparáveis e eu acho isso muito, muito lindo.
valeu muito a pena.

Um comentário:

Pira disse...

Eu só tenho uma filha e fiz várias dessas coisas, rs. Bons conselhos os seus pra sua amiga!!! Bjo