24 de out de 2012

a máquina.

eu e o bhuda decidimos comprar uma máquina de costura. eu NUNCA usei uma.
morro de medo de quebrar, de não aprender a usar e deixar mofar, sei lá.

no domingo, pegamos uma mini, baratinha. se for muito fraca, passo pras crianças e pego outra melhor depois.
e levamos pro caixa.
porque recebemos um folheto dizendo que teríamos 40 dólares de desconto.

a moça do caixa não estava conseguindo fazer aparecer o desconto. ficou 10 minutos rodando pra tentar descobrir o que acontecia.

fui olhar o folheto.

a promoção começa essa semana. huahauahuahauhaua

ok, deixamos lá e falamos que voltamos durante a semana.

bhuda queria me jogar no meio da rodovia de vergonha. huahauhauhaahauhauahauah morri de rir.

claro, não foi a primeira vez que eu fiz isso.

já tive vezes em que eu levava 30 coisas pro caixa e tcharam! tinha esquecido a carteira.
ou não tinha dinheiro suficiente.
ou estava levando coisas muito erradas e decidia trocar depois de ter passado no caixa.
e outras coisas que não lembro mais.

ha ha ha

3 comentários:

ju m disse...

você é igualzinha á minha mãe. ela me dava o $$ a menos TODA VEZ que eu ia à padaria. sempre tinha que trazer o pão e o leite fiados porque ela errava na conta. aprendi matemática só pra não passar mais vergonha.
e o dia em que ela me levou pra festa de aniversário que era só no final de semana seguinte? o porteiro falando "não, hojee não tem aniversário não...". hauhuahauha

ju m disse...

você é igualzinha á minha mãe. ela me dava o $$ a menos TODA VEZ que eu ia à padaria. sempre tinha que trazer o pão e o leite fiados porque ela errava na conta. aprendi matemática só pra não passar mais vergonha.
e o dia em que ela me levou pra festa de aniversário que era só no final de semana seguinte? o porteiro falando "não, hojee não tem aniversário não...". hauhuahauha

Mari disse...

Calma! Máquina não é um bicho de 7 cabeças, mas não deixe ela perceber que vc é inexperiente! Kkkk. Vai de leve, passa umas costurinhas retas num paninho simples, descompromissadamente, para pegar o ritmo da bicha. Quando vc ver como é de rápido em comparação com a costura a mão, não vai querer outra coisa!
Aqui no Brasa não tem descontos assim como tem aí ou como estava acostumada nos EUA, então nem faço isso. Mas o que faço direto é o seguinte: vou pegando as coisas que quero comprar e depois no caminho pensando se realmente quero. Ou encontro outra marca mais barata/melhor e vou acumulando as coisas na cestinha (melhor do que devolver para a prateleira errada, tenho horror disso!). Quando chego no caixa, separo o que realmente quero (ou o que o dinheiro dá pra pagar huaha) e deixo o resto por lá. Sempre é melhor para os repositores do que ficar catando os produtos que são devolvidos para as prateleiras erradas, não é mesmo?