10 de ago de 2011

alimentação x saúde x genética

sempre que eu fico gripada, fico puta da vida. odeio ficar doente. qualquer que seja a doença.

eu sempre atribuí a minha baixa imunidade com a alimentação ruim. sempre fui muito chata pra comer. só fui melhorar - e muito - quando a mel começou a comer.

daí que, bom, não tinha jeito, né? come mal, gosta de porcaria, tem que ficar doente.

só que a alimentação mudou. eu como de quase tudo, agora. faço 80% da comida que a gente come. não compramos quase nada pronto. metade do que a gente come é orgânico. teve uma época em que 80% era.

mas mesmo assim, eu não melhorei. continuei tendo espinhas, cravos, gripes e resfriados várias vezes, dor de cabeça.

------------------------------------

tem o bhuda: sempre comeu muita porcaria. até hoje, se deixar, come só porcaria. como eu era. só que um pouco pior. hehehehhehe.

ele melhorou muito aos poucos a alimentação porque eu fiz chantagem emocional do tipo "não vai comer a comida que eu fiz?".

só que o bicho não fica doente. ele tem rinite forte, mas não pega gripe, resfriado, dor de barriga, conjuntivite, nada.

------------------------------------

e tem a melissa. bicha come de tudo, muito bem. qualquer coisa. não gostava de tomate, mas hoje come bastante, se o bhuda temperar. também não é fã de queijo amarelo (bom pra ela) e erva doce (também, né?).
e a bichinha fica doente. melhora rápido, na grande maioria das vezes. mas ainda assim, fica doente.

-----------------------------------

ainda tem mais: o joão. ele come muita porcaria e pouca comida boa. tem o lado bom, porque ele adora cenoura, tomate, maçã, mexerica, melancia, enfim. ele ama fruta. só que não come feijões de jeito nenhum, comida apimentada, abóbora, batata doce, beterraba, comidas cremosas, molhos, ovo cozido, gema mole..... comer, come. mas forçado. ou sob ameaças.
e ele não fica doente. nunca.

-----------------------------------

o zé. não sei se é porque ele é menor. ou porque passa frio de noite. ou sei lá.
mas ele vira e mexe está com o nariz escorrendo. vira e mexe tá tossindo. ou com afta. ou com qualquer outra coisa.
mas ele come bem. come quase igual à melissa, só que ele imita um pouco o joão. então, apesar dele gostar de abóbora, ele não come quando o joão fala que não quer comer.

-----------------------------------

então eu penso: aqui em casa, a genética conta muito mais nas doenças do que a alimentação. triste, mas verdade.
só espero que a alimentação que a gente tem aqui evite doenças futuras. ho ho ho.

Um comentário:

Letícia disse...

Thais, eu nunca ficava doente quando era criança (nunca mesmo, tive pouquissimas gripes, e sempre de 1 dia) e eu comia bem até, de tudo, mas nada orgânico. E tomava leite (mamadeira) todo dia e com nescau !!
Aí tive a Isa, e eu era super controladora, agora ela come mais besteiras, mas mesmo assim a alimentação é uns 50% organica, feita em casa, variada, come de t-u-d-o mesmo, muitas frutas, verduras, seguindo dicas da Pat Feldman (com menos carne, sofro do teu mal, não consigo manipular, odeio) e ela fica gripada ! Nunca complicou, mas qq coisinha tá ela com o nariz escorrendo, sara rápido, mas pelo menos umas 5 vezes no ano ela tem isso, 5 ou 6. E fica assim, 1 semana pelo menos. Até secar tudo. Ai ai.