24 de jun de 2009

sem tempo. hauhauah

agora que o joão está aprendendo a ler em todas as línguas de uma vez, estou desesperada tentando descobrir um jeito de ensiná-lo direito, sem forçar, sem essas cartilhas ridículas, sem estressar e sem confundir.
então, estou sem tempo. por enquanto só no google, porque não encontrei NADA que prestasse.

não, eu não quero aqueles pontilhados para ele aprender a escrever, porque ele nem tem coordenação motora para isso.
eu quero é continuar desenvolvendo o gosto que ele tem pela leitura e ir ensinando assim, aos poucos.

hoje fomos à biblioteca e ele leu um livro inteirinho sozinho (em japonês).
não entendeu muito, mas leu.
ele já está até lendo alguns kanjis. incrível, esse menino.

e eu aqui, sem saber o que fazer. hauahuahau.
e sem saber como lidar com a melissa, que não se conforma.
afinal, como ela mesma disse:
- engraçado que o joão, de 4 anos e que nem vai pra escola, já sabe ler e eu, de 5 anos, que estou na escola, não sei.

ah, mel.... conheço gente adulta que ainda não lê, filha....

9 comentários:

viviane disse...

fala para ela que a minha de 6 anos tb não lê nada ainda...será que ajuda?

Fada_Lin disse...

Não acho comparações legais. Diz que cada um tem seu tempo. Que cada um tem suas habilidades, cada um desenvolve em algumas coisas mais rápido e em outra mais devagar, mas não quer dizer que um é mais inteligente que o outro.
Parabéns pelos filhotes!

Beijinhos,
Lívia mamãe do Uriel (13 meses)

Simone disse...

bem, vc tem um geninho em casa! diga para a Mel que ela aindã não sabe ler mas que sabe fazer outras coisas legais tb (daí vc cita os talentos delas). E isso que a Lívia falou tb é legal. Era o que eu ia dizer. parabéns pro Jão! bjs

Fabiola disse...

existem várias formas de ler diga par ela!
lindos!

Rosana Oshiro disse...

eu mesmo, não sei ler nada...huauhauhauhahua

mas esses seus filhos são demais hein? cada um com seu talento...

beijo

ana b. disse...

acho que a melhor coisa a se fazer para estimular a leitura, desenvolver o gosto pela leitura, é disponibilizar sempre livros pras crianças, falar sempre positivamente sobre a importância de ler, DAR EXEMPLO (criança imita a gente!), levar em bibliotecas, comprar livrinhos e gibis, ler com eles e para eles, e por aí vai.
acho bacana vc perceber e estimular essa HABILIDADE (e não "genialidade") do joão, mas é como falaram aí em cima, cada criança tem seus talentos. a mel, certamente, tem os dela, e cabe a vcs reconhecerem (e celebrarem) os talentos dela tb, sem comparar com ninguém!
e não, não acho que o joão vá se confundir com a leitura em todas as línguas, é só mostrar pra ele as diferenças, com calma (e com o tempo, que traz maturidade) ele mesmo vai perceber e entender!
os filhos são mesmo diferentes entre si, não? e que bom que é assim!
bjs
a.

Tata disse...

na verdade é muito bacana isso, né? cada um no seu tempo, sem padrões pré-determinados, sem forçar a barra... como devia ser sempre!
bjo

Michela Takeshita disse...

Nossa, q belezinha ele, hein!?
Em japonês até, difícil pra caramba!
Q legal, meus parabéns a ele!
Mas acho q eu tb ficaria confusa em lidar com essa situação. O mais importante é não estimular a competição e a inveja, coisas difíceis até pra adultos. Mas como vc mesma disse, a Mel é um anjo, ela nunca vai ter esse tipo de sentimentos!

Tati disse...

Caraca, esse João, tem um cabeção igual ao da mãe! ahuahauha

Fala pra Mel que o Igor ainda não sabe ler nem em português... mas tadinha, entendo o que ela sente...

Siga o conselho das suas amigas dos posts acima, que são bem legais... Cada um tem seu tempo, a Mel é o gênio no desenho, há vários tipos de leitura... De tudo um pouco!

Ai, que saudade desses malinhas sem alça!!