15 de dez de 2007

bebês

eu adooooooro.
bebê é a coisa mais gostosa que existe, não é?
pequeno, molenga, descoordenado, banguela... Aquuuuueeeeeeeele sorriso, o chorinho, a mãozinha, o pezinho......

todas as fases de um filho são boas, eu acredito.
mas nenhuma fase é tão completa, tão satisfatória quanto a fase de bebezinho.
eles simplesmente amam e precisam da mãe. e só dela.

amamentar, então? ver aquele bebezico gordo feliz, esperto, sabendo que, mesmo que não tivesse mais nada no mundo, ele ficaria bem porque tem o peito, tem colo, tem amor. e é tudo o que ele precisa!

o olhar apaixonado de um bebê pra mãe é uma coisa...... mas é uma coisa... ai ai ai....

nada nesse mundo paga. nem substitui.

é verdade, cansa. e muito.
mas é tão bom..... agora, com o zé, eu estou completamente besta. eu mudei, mas acho que a maior parte disso se deve ao fechamento da fábrica. huauahauhaua. ai, mas dá uma tristezinha....
de pensar que ele está com 4 meses. logo logo vai comer, vai dormir na caminha dele, depois na casa do amiguinho, da namorada....... e nunca mais volta pra casa. snif snif snif snif snif.........

bebê é bom demaaaaaais!
se eu pudesse voltar no tempo, talvezz tivesse um filho mais longe do outro. tipo, ter o juca quando a mel tivesse uns 8 anos. e ter o zé quando o juca fosse bem maior. isso pra nunca acabar essa fase boa... porque todos eles vão sair da fase gostosa juntos. a mel já tá saindo. é um anjo, é verdade, mas tá virando moça. o juca é um bebezão em forma grande e sem vergonha.
bom, eu não sei se faria diferente porque acho que eles vão ser amigos, vão sair juntos, ter os mesmos amigos. se a diferença de idade fosse muito maior, isso não ia acontecer.
ai, que difícil. ha ha ha ha.......

no final, acontece quando tem que acontecer e é do melhor jeito possível, né não?
acho que sim, acho que sim.

3 comentários:

ana b. disse...

ah, thais...
aqui existe uma diferença de idade enooooorme, e eu acho tão bom...
tipo: o mais velho está na facu, tem namorada, a convivência é no nível das idéias.
a do meio está em plena adolescência, se descobrindo mulher, cheia de altos e baixos.
e a caçula é minha bebezona, aos 4 anos!
de fato, no final, acontece quando tem que acontecer e é do melhor jeito possível, né não?
mas PRA MIM a diferença de idade grande é deliciosa, cada um está numa fase distinta, a gente sempre tem um colado na barra da saia!!!
eu AMO bebês, qdo a gente é simplesmente indispensável, onipresente e fundamental! até queria mais um, mas só qdo a gabi deixar de ser minha bbzona... rs
bjs

flores na janela disse...

eu acho eles muito fofos
mais nunca senti que o Fe dependesse de mim talvez porque ele não dependa mesmo, e vc sabe das minhas angustias, sobre ele não me amar tanto assim
mais eu sei que ele me ama
mais sei tb que ele não precisa de mim
as vezes acho que ele nem sente minha falta, espero que o bb3 não seja assim e que por mais uma vez eu não erre tanto como mãe, para poder acreditar que um dia vou ser a mãe que eles escolheram
eu acho vc a maezona, acho até que meu filho se apegaria muito mais a vc do que a mim, eu te admiro muito thá, e vc sabe disso.
bjks

Fabiola disse...

kkk adorei seu relato!!