25 de abr de 2006

Em memória...



Tibi nasceu dia 06/03/1994.
Foi comprado pela gente em abril do mesmo ano, em uma dessas feiras de filhotes. Veio cheio de sarna e verme. A gente nem sabia.
Mas ele cresceu, ficou forte, lindo.
Sempre foi extremamente temperamental, mas fiel. Careeeeente.... Sempre presente.
Foi castrado depois da primeira ninhada de filhotes dele e da Chèrie.
Depois disso engordou horrores. Virou uma bola. A barriga dele era sem pêlo, porque arrastava no chão. E ele não conseguia subir escadas, porque a barriga prendia no degrau.
Teve poucos problemas de saúde. Até o ano passado, quando teve a primeira infecção renal e diagnóstico de anemia leve com aumento de baço.
Mês passado, ele perdeu muito peso. 4 kg. Para um cachorro que pesava 12 kg, é muito. Levamos ao veterinário. Anemia com infecção urinária. Tratamos.
Na sexta, parou de comer. Esperamos. Sábado, não comeu de jeito nenhum e estava magro e apático. Levamos ao veterinário. Provavelmente, rim, de novo. Soro duas vezes no mesmo dia. Exame de sangue hoje de manhã. Nem tivemos tempo de ver o exame.
Na hora do almoço, ele estava na casinha, já sem vida.

Foi uma das piores coisas que aconteceram na minha vida.

Eu me sinto extremamente culpada por não ter dado tanta atenção pra ele nesses últimos meses de vida. Como eu queria voltar no tempo!!!!!!!

5 comentários:

Anônimo disse...

Ai Thá lamento muito....
viché me fez lembrar da minha cachorra, eu genhei uma boxer quando tinha 3 anos de vida....meu pai trouxe ela filhote, era festa todo o dia no quintal....ela morreu quando eu tinha 15 anos....tinha até esquecido da dor, até ler o teu post...que tristeza...ela foi ficando velhinha, ficou cega, depois não conseguia comer, a gente viu ela definhar e não podia fazer nada...era minha companheirona cresci com ela.....doí bastante, mas passa amiga!
Porisso que não quero bicho nehum fiquei traumatizada e não quero essa tristeza pras minhas filhas...duro é nunca dá pra fazer nada quando ficam velhor...e seu avô amiga?
e o que aconteceu?
fiquei preocupada....
mande notícias via email e força aí!!!!!!
bjs e mais bjs
*Sô*

Tati disse...

Thá, não acredito que o Tibi morreu!! Você nem pra me ligar e avisar!!! Tadinho dele!! Eu também me sinto muito culpada de não ter dado mais atenção pra ele... Tadinho... O cachorro mais inteligente do mundo... A mãe vai ficar arrasada...

Você lembra quando o vô Noboru morreu e a mãe foi nos buscar na escola?? Nõs duas ficamos achando que era alguma coisa com o Tibi, e quando soubemos que tinha sido com o vô, ficamos aliviadas! Ai, que pecado....

Tadinho do Tibi, ele merecia muito mais do que nós estávamos dando pra ele nesses últimos tempos...

B i a disse...

Nem vou enrolar,eu realmente não sei o que dizer.
É uma perda...
Sinto muito
Conte comigo

disse...

Acho que chorar não adianta, né? Porque essa foi a minha vontade quando fiquei sabendo e quando li o post...

Poxa, fiquei pasma quando fiquei sabendo... tive lembranças voltando do fundinho da minha memória...

A culpa é uma coisa que não pode existir... quanto amor e carinho vc deu pra ele durante todos esses anos????? Com certeza, ele foi sim muuuuito feliz... e grato por tudo isso!

Vou sentir saudades...

menina dos cabelos amarelos disse...

esse seu novo silêncio estava me deixando preocupada outra vez... Thá, eu queria muito entender porque as coisas ruim se acumulam pra vir de uma vez, mas ainda não encontrei uma explicação pra isso. e, definitivamente, nós nunca estamos preparados para a perda. seja de quem for. o tempo ajuda a ficar menos dolorido e, não se culpe, você fez muito, era seu cachorrinho. foi amado, foi cuidado, viveu tudo que precisava. agora fica com as lembranças boas. beijo