27 de ago de 2005

Segredo!!

Vou contar uma história minha, muito velha. Do meu primeiro dia de aula no Japão. Uma coisa que sempre ficou na minha cabeça e que nunca foi embora. E que poucas pessoas sabem. Porque eu morria de vergonha de contar.
Agora já não tenho mais vergonha, então, lá vai:
Primeiro dia, não conhecia ninguém, não sabia falar japonês, não sabia da rotina, nada. Uma brasileira que estudava lá foi me buscar pra me deixar na minha sala. Nem lembro o nome dela.
Cheguei, o professor apontou uma carteira vazia. Sentei. Ele começou a falar umas coisas que eu não entendi. Fiz cara de interrogação e continuei sentada. Ele continuou falando. E assim ficamos por uns 10 minutos. Até que ele me pegou pelo braço e me puxou pra frente da sala. E falou meu nome e mais um monte de coisa que eu não entendi. Depois me deixou ir sentar, falando um monte de coisa. Eu sentei e ele continou falando. Eu pensei "ave, que japonês mais chato, meu. Vai chamar aquela menina.". Aí a menina que sentava do meu lado (lá as pessoas sentam em duplas) pegou o estojo e o caderno e me mostrou. E apontou pro fundo da sala, onde ficavam as mochilas (que eram todas iguais, mas as dos meninos eram azuis, das meninas, vermelhas). Aí entendi. Mas eu nem tinha caderno, porque minha avó tinha falado com o diretor (?) e ele tinha dito que a escola dava. Putz, comé que eu vou explicar isso? Tirei só o estojo e coloquei a mochila lá atrás, no buraco vazio. Ouvi um monte de japonês gritando. Ai, que horror. Me mandaram colocar onde tinha o número 32. Coloquei. E sentei.
O professor veio e me deu um monte de caderno e livro. Um monte. Eu não sabia qual eles estavam usando, então, fiquei com todos em cima da mesa. Não entendia nada, mesmo.
Ele (professor) passou alguma coisa pra todo mundo fazer. Eu não entendi, não fiz. Ele veio na minha direção. Pensei "pronto. De novo". Ele parou do meu lado, agachou e disse:
- Suguino.
Eu pensei "puta cara esquisito. Que engraçado. Tá falando errado.". E ele insistiu:
- Suguino.
Respondi:
- Leão.

Claaaaaaaaaro que não tinha naaaaaaaaaaaaaaaada a ver com o signo (que foi o que eu respondi).
Suguino é o nome dele.
Também, ó o nome do homem... ai ai.

4 comentários:

Luuuuuu disse...

Ahahahahahaha, eu lembro dessa históriaaaaaaaaaaa!!!! kkkkkk
Puts, Thá, vc é muito comédia viu...

Bjinhus

Bhuda disse...

hehehe eu lembro dessa, queria poder ver a sua cara.. ejeehhe

Re disse...

rsrsrs... putz, thá, tô aqui rolando de rir... essa podia ir pruma galeria de micos junto com a minha estória do oncologista... lembra?

Pequena Leitólatra disse...

hahahahaha.... hilário!!! Imagino sua cara!!! Mas também que nomezinho, não???
hahahaha..

super beijo

Vanessa Strauss, também procurando sua parte mulher depois de ter virado mãe