30 de ago de 2007

Revoltada

Sim sim sim.
É assim que eu estou.

Não consigo, simplesmente não consigo aceitar o que aconteceu.
Não é justo, não é!
Como é que pode, isso?

O telefonema do Bhuda me deixou em choque, mas eu só quis acreditar que era uma brincadeira completamente de mau gosto.

Ver aquele bebezinho tão lindo, desejado, querido, esperado imóvel foi horrível, me doeu tanto na alma que eu fiquei sem chão.
Mas pra mim, o pior de tudo foi ver o sofrimento do Clé e da Van. Isso me deixou tão sentida que eu nem tenho palavras pra expressar.
Não pode!
Deus sabe o que faz? Sabe o caralho!

Que os religiosos que lêem o blog me desculpem, mas não. Se Ele tem esse poder e faz os pais enterrarem um filho, ele não sabe o que faz, não é justo nem bosta nenhuma.

Eu estou com um buraco enorme no peito, tentando me manter ocupada, sem pensar. Porque lembrar das cenas tão chocantes que eu vi na segunda é dolorido demais.

Agora, se é dolorido pra mim, imagine pra eles???
Pra que fazer as pessoas sofrerem assim? Não me conformo, não aceito.

9 comentários:

Anônimo disse...

Calma Thá!
Ficar revoltada é um direito teu, xingar não querer acreditar faz parte da dor e da aceitação...infelizmente...com todo o mundo é assim...
eu realmente não to na sua pele pra ver uma coisa assim, ou sentir, porque comigo não aconteceu, sim, já perdi pessoas queridas, mas acho que foram na hora que deveriam....
v. sabe que to aqui né????
um beijo grande...
*Sô*

Michela disse...

Nossa, Thais, q horror... tinha qto tempo o bb??
Coitados dos pais... nossa, não posso nem imaginar a dor...

ana b. disse...

ai, tha...
q triste!
esse mês está sendo uma loucura, ô mês de tanta desgraça... credo.
tente se acalmar, revoltar não vai adiantar muito (eu sei q vc sabe, mas...).
outra coisa: não sou da turma dos religiosos, nem nada, e não quero iniciar polêmica, nem magoar quem já deve estar tão magoado (e atônito, e incrédulo, eu sei, eu tb estou assim hoje), mas deus não tem nada a ver com isso...
essa imagem de deus bonzinho, isso não existe, não do jeito q a gente muitas vezes pensa...
deus é criador, nós somos criaturas dele.
simples assim.
claro q não é natural um pai enterrar um filho.
e é triste, e dolorido.
e parece injusto, nesse momento.
mas não é, querida, não é... não no sentido de se estar sendo punido aleatoriamente sem nem saber de onde vem a bordoada...
sorry...
mas essa vida é uma confusão mesmo. uma porcaria.
ah, deixa pra lá.
eu não ando boa tb...

bhuda disse...

fofis... revoltado demais também estou... foda trabalhar, foda ligar pra casa e falar com ele e ver tudo o que aconteceu, o que esperamos, os momentos que curtimos ajudando eles...

apoio vc, nao acho que ele (com letras minusculas mesmo) faça diferença alguma, alias vc sabe que eu nao acredito que ele exista...

ainda nao caiu a ficha para mim, nem para meu irmao e nesse momento falar que ele (o barbudo) quer a criança perto delo o catso...

bjus...

flores na janela disse...

é não é facil mesmo aceitar que essas coisas tenham uma explicação, pois realmente não tem.
é injusto sim não dá para aceitar as coisas e dizer que ele sabe o que faz.. é irônico tem que ser muito tapado para acreditar nisso, pois é muito mais que injusto sabe é terrivel, cruel.

viviane ribeiro disse...

Nossa Thá, que notícia triste, que horrível ... como mãe fico imaginando como uma pessoa aguenta uma dor tão grande ...

Compreender a razão das dores, dos sofrimentos, das perdas que todos nós temos durante a vida é impossível.

Mas eu creio em Deus, Ele é meu consolador e dirige minha vida.

Um beijo enorme prá vocês e prá família.
Com carinho,
Viviane, Josias, Artur e Davi

Pira disse...

Oi, so pra dizer que sinto muito e enviar energia positiva pra vc poder apoiar esse casal...nao acredito em um Deus todo poderoso, e entendo sua revolta pq essa deve ser a pior dor que uma pessoa deve sentir.
Bjos!

Kath disse...

:o(((


Fique bem e em paz, querida.....

Um grande beijo!

Fabiola disse...

Meu Deus!!!
Tem coisas que simplesmente não deveriam acontecer!!