21 de jan de 2006

...

É duro quando uma pessoa querida, amada demais, decide que precisa ficar longe, se afastar, pra ajudar, pra arrumar as coisas que precisam ser arrumadas.
Eu entendo, concordo. Mas não gosto. Não, mesmo.

Fico imensamente triste. Ainda mais sabendo que é muito por minha causa.

6 comentários:

Renata disse...

Thá, às vezes um afastamento é apenas um hiato, um respiro para que o reencontro seja possível. Quem sabe?
Bjo

menina dos cabelos amarelos disse...

ô minha, querida. queria estar aí pra te dar um abraço. deixa que as coisas se acertam, se resolvem. confia no tempo, na calmaria, no raciocínio e também no coração. beijo grande, tô aqui pro que precisar.

Tathi disse...

Oi Thá!

Realmente não fácil...

Necessário? Não sei...

Mas certamente ajuda, pode ter certeza, mesmo que doa agora, mais tarde você percebe que isso impulsionou para dar o passo seguinte.

Quando precisar, pode contar comigo, ok?

Beijos!

waltergonzo2389 disse...

I read over your blog, and i found it inquisitive, you may find My Blog interesting. So please Click Here To Read My Blog

http://pennystockinvestment.blogspot.com

Anônimo disse...

uh.. informative style.

Anônimo disse...

итак: прелестно!! а82ч